21/01/2021
Home AGRICULTURA Lemos defende que Tarifa Rural Noturna seja mantido por tempo indeterminado

Lemos defende que Tarifa Rural Noturna seja mantido por tempo indeterminado

O deputado Professor Lemos (PT), líder da oposição, e demais parlamentares da bancada, apresentaram nesta terça-feira (8) uma emenda ao projeto de lei (PL) 657/2020 para garantir que o Programa Tarifa Rural Noturna, que concede desconto de 60% na tarifa de energia elétrica entre 21h30 e 6h para cerca de 80 mil produtores rurais, seja mantido por tempo indeterminado pelo governo do Estado.

O governo encaminhou no dia 24 de novembro ao Poder Legislativo o PL 657, propondo, entre outras medidas, a revogação da Lei 19.812/2019, que instituiu o Tarifa Rural Noturna. Durante a sessão plenária de hoje, o líder do governo, deputado Hussein Bakri (PSD), anunciou um acordo entre Poder Executivo e Assembleia Legislativa para custear o programa por mais dois anos e apresentou emenda adiando a revogação da Lei para o dia 1º de janeiro de 2023.

A emenda da oposição propõe suprimir do projeto a revogação do programa. Segundo Lemos, o programa precisa ser mantido por tempo indeterminado, sem prazo de validade.

“Entendemos que o governo precisa manter o Tarifa Rural Noturna por tempo indeterminado, como uma política permanente, estamos apresentando emenda para preservar o desconto especial dos produtores rurais. O fim do programa vai prejudicar principalmente os pequenos produtores, os produtores de leite, aqueles que têm criação de porcos, aviários, é uma medida muito ruim. O Tarifa Noturna é um programa muito importante para nossa agricultura, especialmente a agricultura familiar”.

Em outra emenda, a bancada propõe excluir do PL 657 a revogação da Lei 16.560/2010, que determina a distribuição igualitária dos lucros para os empregados das empresas públicas, evitando prejudicar os trabalhadores e trabalhadoras que recebem os menores salários.

Além de Lemos, assinaram a emenda os deputados Arilson Chiorato (PT), Goura (PDT), Luciana Rafagnin (PT), Requião Filho (MDB) e Tadeu Veneri (PT).

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentário
Nome

- Advertisment -

Most Popular

Inflação maior para os mais pobres aprofunda a desigualdade

Os segmentos de “habitação” e “alimentos e bebidas” foram os que mais impactaram a inflação das famílias de menor renda. Já os...

Oposição vota contra projeto que amplia militarização das escolas

Os deputados de oposição votaram contra o projeto de lei do governo Ratinho Jr. que amplia a militarização as escolas da rede...

Lemos pede vistas e adia votação do projeto que amplia militarização das escolas

Um pedido de vistas do deputado Professor Lemos (PT) na reunião da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa (Alep), realizada no início...

Trabalhadores do campo e da cidade colhem quatro toneladas de feijão orgânico em mutirão

Nas terras do assentamento Contestado, na Lapa-PR, cerca de 100 trabalhadores do campo e da cidade se uniram em um mutirão de...

Recent Comments