30/07/2021
Home Paraná Lemos pede união e soma de esforços para frear avanço da pandemia

Lemos pede união e soma de esforços para frear avanço da pandemia

“Estamos acompanhando com muita preocupação o avanço da pandemia e precisamos colocar um ponto final nisto. E como fazer? Precisamos de unidade na ação”, afirmou na terça-feira (23/03) o deputado Professor Lemos (PT) em discurso na Assembleia Legislativa. Ele destacou que a sociedade e o poder público, em todas as esferas, precisam caminhar juntos, fazendo todo esforço necessário, para “reduzir a taxa de contágio e fazer o vírus parar de circular”.

O deputado afirmou que o País está enfrentando uma verdadeira “guerra biológica”. “É uma doença traiçoeira, muito perigosa. Estamos numa guerra biológica, já perdemos muitas vidas, familiares, amigos. Precisamos de unidade na ação. Todo esforço é necessário para que possamos frear, reduzir a taxa de contágio, fazer o vírus parar de circular. Medidas de restrição, usar máscara, fazer de tudo para não pegar e não transmitir. E também fazer todo o esforço para obter a vacina”.

Neste sentido, Lemos pediu celeridade na tramitação do projeto de lei 98/2021, apresentado pelos deputados de oposição, que estabelece diretrizes para compra e distribuição da vacina pelo governo do Estado.

“Este projeto precisa ser aprovado. Precisa tramitar com a maior rapidez possível. O projeto cria diretrizes para compra e distribuição da vacina pelo governo. É importante demais que a gente aprove e dê condições para que o governo do Estado possa atuar com rapidez para comprar as vacinas. Não é um projeto de oposição, do governo, ou do centro, é para salvar vidas. É uma ação concreta, uma contribuição que deve ser coletiva, precisa ser uma ação conjunta da Assembleia”.

O parlamentar também declarou apoio à carta aberta divulgada ontem por economistas e empresários que pede medidas mais eficazes do governo federal para o combate à pandemia do covid-19.

Lemos ainda defendeu junto ao governo do Estado o aumento no valor do auxílio financeiro destinado às famílias em situação de vulnerabilidade, no valor de R$ 50.

“Se a gente não proteger a população, não proteger a vida, não tem economia. Fica nosso pedido ao governador para tomar medidas de proteção às pessoas mais vulneráveis, as famílias de baixa renda. É preciso ampliar o programa Comida Boa, fazer um valor maior. O Paraná tem uma economia que permite socorrer com um valor maior as famílias vítimas do desemprego, da fome. Precisamos atravessar esta pandemia e sair dela com saúde e com vida”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentário
Nome

- Advertisment -

Most Popular

Manobra do governo Ratinho quer afrouxar legislação que regulamenta prestação de serviços públicos

Os deputados de oposição denunciaram hoje (12) uma manobra do governo do Ratinho Jr. para afrouxar a legislação que trata da delegação...

Professor Lemos defende servidores e pede voto contra LDO

Líder da oposição na Assembleia Legislativa (Alep), o deputado Professor Lemos (PT) saiu em defesa dos servidores públicos e encaminhou voto contra...

Lemos pede liberação de recursos do Estado para a Uopeccan e o Hospital Universitário do Oeste

Em discurso nesta segunda-feira (5) na Assembleia Legislativa, o deputado Professor Lemos (PT) defendeu junto ao governo do Estado a liberação de...

Lemos reforça pedido de auxílio financeiro a educadores e estudantes para aulas online

Preocupado com as dificuldades enfrentadas por professores, funcionários de escolas e estudantes da rede pública nas aulas online durante a pandemia, o...

Recent Comments